Notícias

BBB 19: polícia pode ‘baixar’ na casa do reality da Globo a qualquer momento

PUBLICIDADE

Os fãs do Big Brother Brasil 19 podem ver repetida a cena acontecida no BBB de 2017, desta vez por conta da polêmica que envolve o participante Vanderson do BBB 19. Para quem não se lembre, a polícia esteve na casa do BBB quando o brother Marcos Harter foi intimado pela polícia Civil, para ser interrogado, acusado de agredir Emilly. Porém o médico já havia sido eliminado do programa.

Vanderson, acusado formalmente, está no centro da polêmica do BBB 19

Desde o anúncio da lista de participantes do BBB 19, já havia começado a polêmica, quando uma ex-namorada do rapaz postou na rede social que havia sido agredida pelo acriano durante um relacionamento. Depois de vir a tona a acusação, outras mulheres também o acusaram, porém formalmente.

Vanderson do BBB 19. Reprodução/Rede Social
Vanderson do BBB 19. Reprodução/Rede Social

Outras três mulheres denunciaram o participante Vanderson do BBB 19

Mais três mulheres teriam formalizado denúncia contra o participante do “BBB 19” Vanderson Brito, de 35 anos. Acusado por estupro e agressão física, acabou levando a Polícia Civil a abrir inquérito para averiguação.

De acordo com o que informou a assessoria de imprensa da Polícia Civil, a Secretaria de Estado de Polícia Civil, o depoimento deverá acontecer já na próxima semana, porém não foi revelada a data definida.

A Divisão de Polícia de Atendimento à Mulher (DPAM), de Jacarepaguá, já teria recebido o pedido da Polícia Civil do Acre, para entrar na casa do Big Brother Brasil para remover o participante do jogo a qualquer momento.

Nota da Globo

A Rede Globo, em nota, se manisfestou contra qualquer tipo de violência e que tomará medidas cabíveis, caso sejam comprovadas as acusações.

Tiago Leifert BBB 19. Reprodução/TVGlobo
Tiago Leifert BBB 19. Reprodução/TVGlobo

“A Globo é veementemente contra qualquer tipo de violência, mas cabe às autoridades competentes a apuração de denúncias como a que está sendo feita. Se assim for, a Globo poderá tomar medidas, como já fez em outras edições do programa”

Inquérito tem 30 dias para ser concluído

O inquérito aberto que apura as acusações contra o BBB Vanderson tem o prazo de 30 dias para ser concluído, podendo ser prorrogado se houver a necessidade.

Por hora, a polícia descartou a possibilidade de pedir preventivamente a prisão de Vanderson do BBB 19, de acordo com o inquérito, ainda em fase de investigação.

Lembrando que hoje é dia de paredão no BBB 19, e o resultado será no programa ao vivo, que vai ao ar logo após a novela “O Sétimo Guardião”.