Condenado pela Justiça do Rio de Janeiro, o mandado de prisão de Dado Dolabella foi expedido na última sexta-feira, dia 7. De acordo com o jornalista e apresentador do Fofocalizando, Léo Dias, não só as polícias de São Paulo e do Rio de Janeiro, como também as forças federais, já estão à busca do ator.

Dado Dolabella se envolveu em uma polêmica com sua ex-mulher em 2010 e após uma discussão feia, chegou a riscar o carro dela. O ator riscou palavras de baixo calão no veículo de Viviane Sarahyba.

A prisão de Dado chegou a ser decretada em setembro, mas depois a decisão acabou sendo suspensa e ficou decidido que ele deveria assistir a palestrar religiosas, só que ele não compareceu a todas.

Ainda segundo Leo Dias, Dado chegou a se mudar para São Paulo e não comunicou nada a seus superiores.

Prisão pode ser feita a qualquer momento

A decisão judicial determinava que o ator precisaria comparecer a todas as sessões determinadas, apresentar-se em juízo todo mês e seria preciso manter residência fixa, já que foi condenado por ofensas à ex, Viviane Sarahyba.

A juíza Ana Paula de Freitas, do 3º Juizado de Violência Doméstica do Rio, foi quem expediu o novo mandado de prisão contra o ator, para que ele cumpra a pena de 3 meses e 15 dias, sendo em regime aberto em uma casa de albergado.

Ainda segundo Leo Dias, o mandado de prisão foi enviado tanto para a Secretaria de Segurança de São Paulo como também para a Polícia Federal. Em fevereiro deste ano o ator chegou a ser preso, mas foi por outro motivo: o não pagamento da pensão do filho com a ex-mulher.