Notícias

Fernanda Lima usa religião para defender aborto e programa naufraga na audiência

Apresentadora do 'Fernanda Lima entrevistou militante que se disse 'evangélica' e que usou até o nome de Deus para defender prática que, para cristãos, é vista como abominável.

PUBLICIDADE

A apresentadora Fernanda Lima não cansa de protagonizar polêmicas. Ela, que na semana passada teve que fechar o seu Instagram por conta de ataques nas redes sociais, trouxe temas considerados tabus em seu programa desta terça-feira, 13.

Na atração da TV Globo, durante quase todo o tempo, foi debatida a nudez. Muitos atores conhecidos tiraram seus trajes e se exibiram no ar conforme nasceram, sem qualquer tipo de censura.  Veja ainda: Fernanda Lima sofre tormenta após crítica a Bolsonaro e diz: ‘Nunca votei no PT’

Fernanda Lima entrevista evangélica militante do PSOL que defende aborto

No entanto, o que surpreendeu mais ainda os telespectadores foi uma entrevistada, que se disse evangélica, mas pregou no programa a legalização do aborto. Camila Mantovani citou que Deus tem seu corpo e que esse é marginalizado e que muitas mulheres morreriam ao realizar a prática clandestinamente. Esse foi o argumento dado pela jovem, de 24 anos, para ser favorável à prática, que nas religiões cristãs é vista como abominável.

Veja ainda: Fernanda Lima pode ser demitida após protestos pró Bolsonaro?

'Amor & Sexo' causa polêmica com entrevista a favor do aborto com evangélica do PSOL e não exibir opinião contrária à prática - Foto/Montagem
‘Programa de Fernanda Lima causa polêmica com entrevista a favor do aborto com evangélica do PSOL e não exibir opinião contrária à prática – Foto/Montagem

O problema foi que a ida da jovem causou estranhamento do público e logo descobriu-se quem era a entrevistada do programa de Fernanda Lima. Mantovani é militante do PSOL. Ela também é líder da chamada  “Frente Evangélica pela Legalização do Aborto”.

Veja também: Fernanda Lima se dá mal na Globo e Eduardo Costa ri por último

Membro da Igreja Batista do Caminho, do controverso pastor Henrique Vieira, a jovem de 24 anos defendeu uma forma de cristianismo de “oferece argumentos em favor desta luta”.

Fernanda Lima usa evangélica a favor do aborto e causa revolta de religiosos

Mantovani usou no ar argumentos religiosos e também supostamente científicos, dizendo percentuais de mortes por abortos clandestinos, por exemplo. De acordo com o site Gospel Prime, os dados utilizados pela entrevistada não podem ser comprovados.

Veja também: Fernanda Lima é detonada por Eduardo Costa após caso Bolsonaro: ‘Imbecil’

O que também surpreendeu foi o fato de um tema como esse não ter um contra-ponto, especialmente quando se leva alguém que usa a religião como argumento para ser a favor do que a própria religião é contra

Programa de Fernanda Lima cai na audiência, após polêmicas

A repercussão de temas tão polêmicos fez com que o programa despencasse na audiência. Em alguns momentos, o programa de Fernanda Lima chegou a ter que disputar Ibope com a Band, que estava na quarta colocação e exibia o ‘MasterChef Brasil’. Durante a maior parte do tempo, Fernanda Lima perdeu para o SBT e Record.

Veja também: Fernanda Lima chora e tem pior audiência da história, após efeito Bolsonaro

Lembrando que você leitor e que gosta de notícias pode assinar nosso noticiário e ter com exclusividade e de graça todo o melhor conteúdo dessa área. Para isso, basta clicar no ícone de sino, que está localizado no lado esquerdo inferior da tela do seu computador ou celular. Em seguida, basta autorizar o recebimento das mensagens. Pronto, você está conectado com o melhor da informação.