Depois da grande repercussão da fala de Faustão do programa “Domingão do Faustão” deste dia 06 de janeiro, foi a vez de um dos filhos do presidente se manifestar, sobre o que teria sido um ataque ao presidente eleito. Alguns sites de esquerda chegaram a ‘exaltar’ a atitude do apresentador.

Carlos Bolsonaro se manifesta no Twitter sobre fala de Faustão no ‘Domingão’

O apresentador da Globo não deixou explícito para quem era o recado, não identificando claramente a quem se referia. Entretanto, no entendimento do telespectador, ficou entendido que Faustão teria falado do presidente Bolsonaro. Carlos Bolsonaro usou sua conta no Twitter e contra-atacou:

Globo e Faustão não se manifestaram sobre o acontecido

Até o presente momento, nem a Rede Globo, nem o apresentador, se manifestaram sobre o assunto, que ganhou grande proporções nas redes sociais. A Globo, que já havia passado por ataques nas redes sociais, voltou a ser alvo de campanhas por ‘boicotes’ a sua programação. Com destaque aos ataques vividos pela apresentadora Fernanda Lima no episódio do “Elenão”.

A Globo, é ainda acusada de veicular matérias nos seus principais jornais, com críticas explícitas e implícitas contra Jair Bolsonaro, atrelando sempre matérias com teor negativo logo após exibirem pautas criticando do presidente.

Site publica matéria e diz que o recado pareceu “claramente” para Jair Bolsonaro”

Diz o primeiro parágrafo: “No programa deste domingo, o apresentador Fausto Silva reclamou de um político que chamou de ‘imbecil’ e ‘idiota’. Ele não mencionou o nome do alvo de suas críticas, mas o recado pareceu claramente endereçado a Jair Bolsonaro.”

Site Brasil 247 diz que Faustão atacou Bolsonaro. Foto/Captura de Tele/Brasil 247
Site Brasil 247 diz que Faustão atacou Bolsonaro, entrando na “guerra” contra o presidente. Foto/Captura de Tela/Brasil 247

Segundo está sendo dito em algumas mídias, é que o programa em que Faustão teria feito os comentários, teria sido gravado em novembro de 2018, época em que ainda estava frente á presidência, Michel Temer.