Notícias

Roger Waters, ex-Pink Floyd, perde fãs após protesto contra Bolsonaro: ‘Vá para Venezuela’

Roger Waters critica Jair Bolsonaro e é atacado nas redes sociais, após protesto o cantor é vaiado.

PUBLICIDADE

Nesta terça-feira, 9 de outubro, o cantor Roger Waters, ex-integrante do Pink Floyd fez um show traumático em São Paulo. Conhecido por protestos polêmicos, Roger Waters usou o seu show na capital paulista para criticar o candidato Jair Bolsonaro, do PSL, que concorre à presidência da república.

No palco, Roger Waters exibiu um letreiro com a frase ‘Ele Não’ e chegou a dizer que Bolsonaro seria uma espécie de neofascista. O público não gostou. O show, que tinha cerca de 40 mil pessoas, ficou parado por mais de dois minutos. O motivo foram os fãs revoltados que exibiram uma sonora vaia contra o artista.

Roger Waters é atacado nas redes sociais, após protesto contra Jair Bolsonaro

O ex-integrante do Pink Floyd está acostumado a fazer seus protestos e ser aplaudido pelos fãs. Dessa vez, no entanto, foi completamente diferente. No primeiro momento, Roger Waters chegou a ficar assustado no palco. Alguns fãs tentaram o apoiar com aplausos, mas as vaias e os gritos de ‘Mito’, uma referência de apoio a Bolsonaro, foram muito mais fortes.

Roger Waters é atacado online por eleitores de Bolsonaro - Foto/Montagem
Roger Waters é atacado online por eleitores de Bolsonaro – Foto/Montagem

Apesar de tudo isso, Roger Waters terminou o show, mas o protesto dele contra Bolsonaro teve consequências ruins para o artista, como mostraremos a seguir.

Veja abaixo o vídeo que mostra Roger Waters sendo sumariamente vaiado por cerca de 40 mil pessoas, em seu show realizado no Brasil:

Roger Waters crítica Bolsonaro e fãs chamam vocalista de hipócrita

Nas redes sociais, os vídeos com Roger Waters tinham uma negativação bastante grande. Alguns seguidores chegaram a mandar o cantor que marcou época com o Pink Floyd ir para a Venezuela. Outros ainda criticaram os prelos caros dos shows do artista.

“Show de graça não faz, né. Na hora de cobrar pelos ingresso vira capitalista ferrenho. Baratinho estava o ingresso”, disse um dos internautas no Youtube, garantindo que, a partir de agora, deixará de seguir Roger nas redes sociais e acompanhar o seu trabalho.

Você leitor e que gosta de política pode assinar nosso noticiário e ter com exclusividade e de graça todo o melhor conteúdo dessa área. Para isso, basta clicar no ícone de sino, que está localizado no lado esquerdo inferior da tela do seu computador ou celular. Em seguida, basta autorizar o recebimento das mensagens. Pronto, você está conectado com o melhor da informação.