Notícias

Vanderson do BBB 19 receberá intimação, polícia vai ao Projac nesta quarta

PUBLICIDADE

Segundo informou o Jornal O Globo, Vanderson do BBB 19 deverá receber uma intimação hoje para depor e prestar esclarecimentos a respeito das denúncias contra o brother. Ele é acusado de agressão e estupro e tudo pode levar a expulsão do acriano do programa.

Tiago Leifert e a direção do reality da Globo estão atentos para anunciar quaisquer mudanças.

Polícia Civil do Rio deve ir hoje a casa intimar Vanderson do BBB

A delegada titular solicitou que o participante do reality fosse interrogado pela Polícia Civil do Rio de Janeiro. “Tendo em vista que ele está confinado na casa, já solicitei à Polícia Civil do Rio de Janeiro que o interrogue”, afirmou. 

Vanderson do BBB 19. Foto/TVGlobo
Vanderson do BBB 19. Foto/TVGlobo

Delegada detalhou as acusações contra Vanderson Brito

A delegada titular da Delegacia de Atendimento à Mulher Juliana de Angelis Carvalho disse ao Jornal o Globo que o fatos já estão sendo apurados.

“Uma das vítimas é ex-namorada, que acusa de violência doméstica com agressão. As outras duas são pessoas que ele não tinha relacionamento anterior. Uma dessas vítimas o acusa de estupro, estamos apurando como tudo aconteceu. O sexo pode ser consensual e, no decorrer do ato, a mulher pode não querer mais algo e acaba sendo obrigada a fazer. Isso, também, é entendido como estupro”.

Um terceiro caso envolve ‘importunação ofensiva ao pudor’. Segundo a delegada Vanderson teria perturbado uma garota numa festa “passando a mão nela”.

“A investigação é de importunação ofensiva ao pudor. Nesse caso especificamente, ele é acusado por uma garota que conheceu numa festa. Ele insistiu numa aproximação que perturbou a vítima, ‘passando a mão nela’”.

Polícia entrou na casa do BBB quando Marcos Harter foi intimado

Quem acompanha o Big Brother Brasil poderá ver repetir o que aconteceu no BBB 2017. Para quem não se lembra, a polícia esteve na casa do BBB quando o brother Marcos Harter foi também intimado a depor na delegacia da polícia Civil, para exclarecer a acusação de ter agredido a gêmea Emilly dentro da casa. Porém o médico já havia sido eliminado do programa.