Notícias a toda hora!

EUA recebe restos mortais de 55 soldados americanos, mortos durante guerra em 1950-1953

Donald Trump, presidente dos Estados Unidos, em entrevista nesta quinta – feira disse que espera logo reencontrar o líder da Coréia do Norte, Kim Jong-un, esta declaração foi dada após o EUA receber restos de supostos 55 soldados americanos, que teriam sido mortos na Guerra da Coreia (1950-1953), gesto que o presidente agradeceu.

“Obrigado presidente Kim Jong-un por manter sua palavra e iniciar o processo de repatriação dos restos mortais de nossos magníficos e queridos soldados desaparecidos! Não estou nada surpreso que tenha tomado este tipo de decisão!” este foi um post em uma rede social do Presidente Trump.

O Presidente ainda revelou durante a entrevista, que juntamente com os 55 corpos que chegaram na base de Pearl Harbor, no Havaí, o Presidente da Coréia do Norte também enviou a Trump uma carta.

Ainda acrescentando em sua publicação nas redes sociais durante essa madrugada “Também, obrigado pela sua bonita carta, espero te encontrar novamente em breve!”, o presidente não revelou o que havia descrito na tal carta mencionada.

Os presidentes Trump e Kim Jong-un realizaram um histórico encontro, diga-se de passagem, que o primeiro encontro entre os presidentes destes dois países com alto poder de guerra. O encontro protagonizado ocorreu no dia 12 de junho de 2018 em Singapura.

Os dois presidentes abordaram assuntos como a desnuclearização da península coreana, Trump e Kim – Jong-un, ainda falaram em recomeçar as tarefas de busca dos 5,3 mil soldados americanos desaparecidos que teriam morrido ao norte do paralelo 38.

O estado da Coreia do Norte entregou os restos dos 55 corpos que seriam de supostos soldados na última sexta – feira, corpos que os EUA transferiram para uma base militar na Coreia do Sul, para que se pudesse realizar exames preliminares antes de sua chegada na quarta – feira em solo americano, em cerimonia com honras do Vice – presidente americano, Mike Pence.

Leia muito mais em: Agora na mídia.

Carregando...