Notícias

Entrevista de Bolsonaro x Debate na Globo: qual delas foi a mais buscada pelo eleitor

Na noite desta quinta-feira, 04, a entrevista com Bolsonaro na Record foi exibida no mesmo horário do debate da Globo com os presidenciáveis. Segundo dados do Ibope,

PUBLICIDADE

No debate da Globo, último promovido entre os presidenciáveis que precede a votação no primeiro turno, o candidato do PSL foi mais uma a pauta do debate. Enquanto a entrevista de Jair Bolsonaro na Record, era exibida ao mesmo tempo, o líder nas pesquisas de intenção de voto, era alvo de críticas dos participantes do encontro promovido pela Globo. por não ter se apresentado para o debate.

Entrevista com Bolsonaro na Record foi exibida no mesmo horário do debate da Globo

Nos estúdios da emissora, o candidato petista Fernando Haddad, que segue em segundo nas sondagens, também foi confrontado, indagado pelas denúncias de corrupção durante as gestões do PT no Palácio do Planalto.

Guilherme Boulos (PSOL) e Haddad (PT) dobradinha “bem casada”

Formadas as dobradinhas de esquerda, entre elas a de Guilherme Boulos (PSOL) e Haddad, o candidato que substitui o condenado e preso Lula, ficha suja e impossibilitado de concorrer a cargo púbico nas eleições de 2018, o mesmo trouxe um discurso sempre aberto pelas “deixas” de seu aliado comunista Boulos. Disse que o capitão da reserva “nunca fez nada” como deputado associando o presidenciável a “corte de direitos”, citando as supostas críticas feitas pelo vice general Mourão que falou sobre o 13º salário e adicional de férias.

Boulos, nas deixas, falou que o candidato do PSL pretende aumentar o Imposto de Renda sobre os mais pobre, o que não é verdade, no mesmo momento, Bolsonaro desmentia a falácia do petista no outro canal de televisão, explicando que haveria um reescalonamento das alíquotas, e ao contrário do que disse o petista na Globo, explicou que a alíquota para isenção iria subir para cerca de R 5 mil.

Na mesma linha de discurso, ele lembrou da proposta de Paulo Guedes, considerado o guru econômico do candidato Bolsonaro, que sugere a criação de um imposto nos moldes da CPMF, o impopular “imposto do cheque”.

Boulos cinicamente “repudiou ódio”, ódio este que vem sendo usado a tempos, para dividir a população sofrida entre ricos e pobres, coxinhas e mortadelas, entre tantos ‘istas’ atribuídos a quem quer ver fora do poder o partido que mais defraudou os cofres púbicos em toda história deste país.

O time do partido que tem o maior número de envolvidos em corrupção e nomes citados na Lava-Jato, agradeceu a estocada do líder sem-teto, que tentou trazer a atenção do eleitor para o perigo de uma ditadura militar, dizendo que Bolsonaro é um declarado admirador de torturadores da época da repressão. Fernando Haddad, literalmente, 

O debate da Globo e a entrevista de Bolsonaro na Record começaram pouco após as 22h. Apesar não ultrapassar a concorrente, a emissora de Edir Macedo dobrou o número de telespectadores, com a Globoli derando a audiência com média de 24 ponto.

A entrevista de Bolsonaro chegou a bater os 13 pontos de audiência

Número que é o dobro registrado pela Record no horário, enquanto que o debate na Globo registrou 25 pontos de pico.

Os presidenciáveis presente não se absterão de comentar, a insatisfação com a ausência do candidato Bolsonaro para o debate, ele que é hoje líder nas pesquisas de intenção de voto.

Marina Silva chegou a dizer que Bolsonaro “amarelou”, enquanto Ciro Gomes questionava a participação o presidenciável programa da Record. E até Henrique Meirelles não dispensou o ataque, dizendo que a ausência do candidato significava “falta de preparo para liderar o país”.

Debate na Globo e entrevista de Bolsonaro nas redws sociais

Por volta das 22h11m, a tag #DebateNaGlobo era a segunda nos trending topics, com 18.800 citações, seguido de #HaddadÉ13, com 19.100.

Em quinto lugar,  #BolsonaroNaRecord, despontava com 16.400 citações. O capitão da reserva falou por cerca de vinte minutos e entrevista pode ser vista também pelo YouTube, chegando a 80.000 pessoas on line, simultâneas às 22h30.

Já o debate da Globo só era possível assistir pagando assinatura na GloboPlay, da própria Globo, não sendo possível comparar com a audiência do debate, possível de ser visto gratuitamente pela internet.

Jair Bolsonaro teve picos nas buscas o Google

Nas buscas do Google, o nome Jair Bolsonaro teve picos ao longo de toda sua entrevista a TV Record, superando de quatro a seis vezes o volume de buscas de todos os outros candidatos.

O termo “entrevista” ligado ao nome do presidenciável, também superava buscas pelo termo “debate”, na internet, o candidato Jair Bolsonaro do PSL acabou superando Globo e Record.