Anthony Garotinho pode ser preso nesta terça-feira, dia 4

O ex-governador poderá ser condenado há mais de 4 anos de prisão

Nesta próxima terça-feira, dia 4, o TRF do Rio de Janeiro estará julgando os embargos relativos à declaração feita por Anthony Garotinho e após o resultado poderá ser expedida uma ordem de prisão.

Caso isto venha a acontecer, Garotinho terá que cumprir uma pena de 4 anos e 6 meses, que foi determinada no último mês de setembro, de acordo com o jornalista Ancelmo Gois.

Garotinho foi condenado por quadrilha armada, a ação investigou o envolvimento do ex-governador em um bem montado esquema de corrupção, mas que foi desvendado pela Operação Segurança Pública S.A.

Entre novembro de 2016 e novembro do ano passado, Garotinho foi preso por 3 vezes, sendo que duas foi no âmbito da Operação Chequinho e a outra na Operação Caixa d’Água.

PUBLICIDADE

Anthony Garotinho quer lançar livro sobre Cabral

Enquanto aguarda para saber se será ou não preso, o ex-governador está querendo lançar um livro sobre Cabral, com o nome de ‘A gangue dos guardanapos e a vingança’.

A editora que está analisando a proposta para lançar o livro ano que vem pediu para ele diminuir o número de páginas, pois são mais de mil. E após o governador do Rio, Luiz Fernando Pezão ser preso, Garotinho disse que já pensa até em um segundo volume.

A meta era lançar o livro ainda este ano, aproveitando que dezembro é um mês bom para vendas, só que a editora achou que o conteúdo não combina em nada com o Natal, por isso resolveu aguardar um pouco mais.

Garotinho tentou se candidatar ao governo do Rio de Janeiro, mas o Tribunal Superior Eleitoral o declarou como inelegível por decisão unânime dos ministros.

Veja também

Livro ‘O Filho do Sócio’ de ex-diretor de empresas de Lulinha revela como ele ficou milionário