Notícias a toda hora!

Bolsonaro repudia supostos ataques e revela plano do PT para caluniá-lo

Jair Bolsonaro diz que despreza voto de quem age com violência e pede que agressores votem nulo ou no PT.

No final da noite desta quarta-feira, 10 de outubro, o candidato Jair Bolsonaro, do PSL, falou pela primeira vez sobre episódios de violência em meio às eleições. A maior parte das denúncias são de que supostos eleitores de Bolsonaro estariam agredindo fisicamente quem vota no adversário do político na campanha eleitoral à presidência da república.

Entre os casos que mais repercutiram, estão o de uma jovem de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, que acusa bolsonaristas de terem desenhado em seu corpo uma suástica com o uso de uma navalha. A polícia da região ainda investiga o caso.

Bolsonaro lembra que levou facada, mas repudia qualquer violência em meio à campanha

Jair Bolsonaro já havia falado sobre os episódios de violência em entrevista à Rádio CBN. Ele disse que não tem como controlar quem vota nele de fazer qualquer ato de violência, assim como o próprio Partido dos Trabalhadores (PT) não foi capaz de evitar a facada que ele sofreu na cidade de Juiz de Fora, no estado de Minas Gerais.

Mais tarde, em sua página oficial no Facebook, Jair Bolsonaro disse que repudia qualquer ato de violência e foi além. O candidato do PSL garantiu que despreza os votos de quem não aceita o diálogo e solicitou que quem age assim vote nulo, ou então em seu adversário.

Bolsonaro surpreende ao falar de episódios de violência que usam seu nome - Foto/Montagem
Bolsonaro surpreende ao falar de episódios de violência que usam seu nome – Foto/Montagem

Bolsonaro insinua campanha do PT para caluniá-lo

“Dispensamos voto e qualquer aproximação de quem pratica violência contra eleitores que não votam em mim”, começou a dissertar o político em uma postagem que teve dezenas de milhares de curtidas em sua página no Facebook, que já tem mais de 7 milhões de seguidores.

“A este tipo de gente peço que vote nulo ou na oposição por coerência, e que as autoridades tomem as medidas cabíveis, assim como contra caluniadores que tentam nos prejudicar”, escreveu o político em sua página, insinuando assim que o PT estaria em uma campanha para caluniá-lo.

Veja abaixo a publicação feita por Jair Bolsonaro em sua página oficial no Facebook, na qual repercute os episódios de violência em meio ao segundo turno das eleições.

– Dispensamos voto e qualquer aproximação de quem pratica violência contra eleitores que não votam em mim. A este tipo…

Gepostet von Jair Messias Bolsonaro am Mittwoch, 10. Oktober 2018

Você leitor e que gosta de política pode assinar nosso noticiário e ter com exclusividade e de graça todo o melhor conteúdo dessa área. Para isso, basta clicar no ícone de sino, que está localizado no lado esquerdo inferior da tela do seu computador ou celular. Em seguida, basta autorizar o recebimento das mensagens. Pronto, você está conectado com o melhor da informação.

 

Carregando...