Notícias a toda hora!

Em vídeo, ex mulher de Bolsonaro nega ameaça de morte relatada por Folha de S. Paulo

A ex-esposa do candidato, Ana Cristina, que usa atualmente o sobrenome Bolsonaro, é candidata a deputada federal no Rio de Janeiro, pelo Podemos.

A ex-mulher de Jair Bolsonaro, candidato pelo PSL à Presidência , a advogada Ana Cristina Valle, gravou e divulgou um vídeo em que nega ter sofrido ameaça de morte pelo ex-marido, conforme relatado em telegrama de julho de 2011, documento fornecido pelo Itamaraty, .

O documento em questão, mostra que Bolsonaro recorreu ao Ministério das Relações Exteriores pelo fato de Ana Cristina ter viajado para a Noruega com o filho Jair Renan Valle Bolsonaro, sem devida autorização do pai Jair Bolsonaro. Em um trecho do documento, o embaixador Carlos Henrique Cardim relata que a mãe diz ter deixado o Brasil, no ano de 2009, por ter sofrido uma ameaça de morte da parte do pai Bolsonaro.

As informações foram publicadas pelo jornal Folha de S.Paulo

Segundo o telegrama do Ministério das Relações Exteriores, de julho de 2011, Jair Bolsonaro consultou o Itamaraty para ter informações sobre a situação de seu filho –que tinha 12 anos à época. Sua ex-mulher, Ana Cristina Siqueira Valle, foi consultada em 28 de julho pelo vice-cônsul brasileiro na Noruega, Matheus Henrique Zóqui.

Eis alguns trechos do telegrama obtido pela Folha

Telegrama do o Ministério das Relações Exteriores fornecendo informações

A ex-esposa do candidato, Ana Cristina, que usa atualmente o sobrenome Bolsonaro, é candidata a deputada federal no Rio de Janeiro, pelo Podemos. Nesta ultima noite de terça-feira (26.set), ela divulgou um vídeo em que onde se diz indignada com a Folha pela reportagem publicada no jornal. Nas redes sociais, Ana Cristina reitera que Bolsonaro é bom pai e bom ex-marido. Veja a íntegra do vídeo:

Carregando...